O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

Different Class, 1995

 

s143.jpg

Pulp, Different Class, 1995

A banda que melhor soube caricaturar a classe média-baixa da Inglaterra dos anos 80 e 90. Vícios e virtudes, mas sobretudo vícios, estão hilariantemente escarrapachados em Different Class. Jarvis Cocker tornou-se um ícone nacional e os ingleses tiveram o fair play de o aceitar, bem como à sua visão humorística, mas também sofrida, da nação. Experiências pessoais misturam-se com retratos sociais mais ou menos velados que levaram os Pulp ao topo e aos tops. Common People é, musicalmente, o instant classic típico, retrato da classe média feito por alguém das classes altas. Análise incompreensível da vida que, afinal, todos levamos ainda um pouco. Ao cantá-la estamos a rirmo-nos de nós próprios e é isso que é delicioso nos Pulp. A solo, Jarvis ainda mantém esta postura (mais que o último registo dos Pulp) e trata-se, por isso, de uma carreira a seguir.

nunoromano

Advertisements

No comments yet»

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: