O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

A brava dança dos Heróis do Mar

heroisdomar_03.jpg

A propósito do documentário “Brava Dança“, de José Francisco Pinheiro e Jorge Pereirinha Pires, que passou na última 6ªfeira na RTP2, este post surge na forma de uma viagem no tempo a um pedaço importante da história da música moderna portuguesa, que pertence de pleno direito aos Heróis do Mar. Os Heróis foram pioneiros de muitas formas e este documentário é uma porta aberta, um convite, às novas gerações. O Portugal musical do início dos anos 80 era composto quase exclusivamente por músicos como José Afonso, Sérgio Godinho, e restantes cantautores de esquerda, enquanto que todos os que eram entranhos a este sistema eram olhados com desconfiança. Foi neste meio que surgiram, por exemplo, António Variações (que foi curiosamente produzido por Pedro Aires Magalhões e Carlos Maria Trindade) e, claro, os Heróis do Mar. A forma arrojada como os Heróis surgiram num ambiente pós-PREC com vestimentas militares, a cantar a História de Portugal, a falar de saudade e a romperem ostensivamente com a onda de esquerda da altura está retratada preciosamente no documentário. É óbvio que foram arrasados pela crítica e é preciso explicar que a crítica musical era parte integrante desta espécie de bloqueio a tudo o que não fosse de esquerda. No entanto, fica um pouco por explicar o motivo de a banda ter dado tanta atenção à estética e à mensagem por um lado e assumir uma postura quase naive em relação aos motivos políticos e sociais que os moveram de início. Penso que é óbvio que existe uma atitude contra-corrente que deveria ser assumida sem pudor. E a verdade é que isso não tem mal nenhum nos dias que correm. A história deu-lhes razão. O que fica é a primeira banda portuguesa a aliar preocupações estéticas à mensagem das músicas e a um conceito global de grupo, tudo feito de forma bastante profissional. No início de carreira os concertos dos Heróis eram qualquer coisa de especial e o vídeo de ‘Brava Dança dos Heróis’ (pena não o ter encontrado no YouTube…) mostra quase tudo o que era a banda na altura. À falta do video propriamente dito, deixo uma actuação ao vivo com introdução de Rui Reininho, ao estilo cómico-trágico habitual…

Ao segundo álbum o visual militarista torna-se mais brando e o grupo apresenta-se de forma mais leve, tentando ir ao encontro de mais público, agora que já tinham chamado a atenção, propositadamente ou não, através da polémica. É assim que chegam a ‘Amor’, o primeiro single dançável português. Era a juventude nacional a dançar e a cantar em português nas discotecas da época. Digno de registo.

Foi aqui também que os Heróis caíram na prisão de onde não mais saíram. A estética inicial estava perdida, o esforço da recuperação da temática inicial não foi devidamente feito e a edição de ‘Mãe’ em 83 não é consensual. O conceito estava desfeito e a havia muitas pontas soltas na música dos Heróis. ‘Paixão’ surge nesta altura, na forma do primeiro maxi-single feito em Portugal. É mais um tema dançável, que arrebatou novamente o país e que manteve os Heróis à tona.

As edições de ‘O Rapto’ e ‘Macau’ trouxeram mais alguns singles ao air play nacional, mas as divisões internas acabaram com a banda poucos anos depois. As carreiras a solo de Rui Pregal da Cunha, Carlos Maria Trindade e, sobretudo, Pedro Aires Magalhões são conhecidas. Mas é engraçado como, ao recordar todos estes temas agora, me apercebo que conheço a maioria das letras. Há toda uma geração que começou a ouvir música portuguesa com estes rapazes. São por isso heróis à sua medida.

A ouvir…

herois_do_mar-amor-front.jpg

Heróis do Mar, Amor (2007)

E a ver…

bravadanca_02.jpg

José Francisco Pinheiro e Jorge Pereirinha Pires, Brava Dança (2006)

nunoromano

Advertisements

No comments yet»

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: