O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

69 Love Songs, 1999

Se todas as cartas e letras de amor são ridículas, devem ser também tristes, tristes de fazer chorar as pedras da calçada. Se a isto juntarmos melodias simples, emotivas, bem humoradas e bem interpretadas podemos conseguir um excelente disco de canções.

0251747.jpg0251747.jpg0251747.jpg

The Magnetic Fields, 69 Love Songs (1999)

Mas, com 69 Love Songs, os The Magnetic Fields foram um pouco mais longe. Conceberam uma autêntica bíblia sobre relações, compilada em três CDs que compõem um extraordinário disco conceptual. Há de tudo: tristezas profundas, ironia a rodos, muito humor e corações partidos, mais tarde colados com fita-cola. A harmonia entre a música e as letras é total e são várias as pérolas que se podem encontrar no meio de 69 temas, todos de elevada qualidade. Eu sei que parece difícil de acreditar, mas não custa tentar. Quem já conhece, sabe do que estou a falar. Quem não conhece, que se prepare para uma surpresa das grandes. Bem-vindos ao mundo de Stephin Merritt, onde a mistura de géneros musicais é total e onde tudo parece um pouco caótico e fora do lugar. Obra-prima.

nunoromano

Advertisements

No comments yet»

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: