O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

Como vai ser 2008

greatexpectations.jpg

@ sircle.net

“Como vai ser 2008”, assim mesmo, tem sido um termo de pesquisa recorrente aqui do blogue. Não sei se o autor é sempre o mesmo ou se a curiosidade é mais alargada, o certo é que o exercício (primeiro de cabeça e depois já com investigação) acabou por ser bem proveitoso. Depois de um 2007 fora-de-série, esperava-se um ano mais calmo. Mas não vai ser bem assim.

Lançamentos aguardados com tremenda expectativa, em que um falhanço pode provocar uma frustração acentuada:

Final Fantasy, Franz Ferdinand, Aimee Mann (Smilers), Massive Attack (Weather Underground), Mercury Rev, Morrissey, Portishead, The Divine Comedy, The Notwist. Para além dos já aqui mencionados Cat Power (Jukebox) e The Magnetic Fields (Distortion).

Com expectativa moderada, em que o resultado tanto pode ser uma leve desilusão como uma boa surpresa:

Blind Melon, Stephen Malkmus (Real Emotional Trash), DeVotchKa (Spirit), Destroyer (Trouble in Dreams), Basement Jaxx, Blur, Isobel Campbell, The Gossip, The Killers, Metric, Nine Inch Nails (Year Zero Part 2), The Raconteurs, Roxy Music [formação original, incluindo Brian Eno], The Rakes, Patti Smith, The Silver Jews (Lookout Mountain, Lookout Sea), Spiritualized, Starsailor, Martina Topley-Bird, Tortoise, Patrick Wolf, Wolf Parade, Doves, The Mars Volta (The Bedlam In Goliath), Los Campesinos! (Hold On Now, Youngster), Metallica, The Kooks (Konk), The Lemonheads, Alice in Chains, Green Day, Deerhunter, Dirty Pretty Things, Goldfrapp (Seventh Tree).

Aguardado com receio, os resultados são imprevisíveis e uma desilusão pode ter consequências bem nefastas:

Coldplay, R.E.M. (Accelerate), Oasis, Bauhaus (Going Away White Final album), James, Muse, Moby (Last Night Spring).

Com medo, muito medo, os danos serão certamente irreversíveis:

Guns N’ Roses, Michael Jackson, Courtney Love, AC/DC, Mariah Carey.

Quanto a música ao vivo aqui na terrinha, estão já agendados:

Patrick Watson, Aula Magna, 13 de Março
Babyshambles, Coliseu dos Recreios, 8 de Janeiro
Emir Kusturica & The No Smoking Orchestra, Coliseu dos Recreios, 6 de Janeiro
Spoon, Aula Magna, 23 de Fevereiro
Caribou, Santiago Alquimista, 12 de Março
Editors, Campo Pequeno, 02 de Abril
Einsturzende Neubauten, Aula Magna, 04 de Maio
Richard Hawley, Cine-Teatro António Lamoso, 22 de Fevereiro

Aguarda-se ainda pelos cartazes dos festivais de Verão. O nível está bastante elevado e a organização do SBSR terá uma missão quase impossível de igualar o cartaz de 2007. Circula ainda o boato de que os The National vão estar na Aula Magna em breve, mas aguarda-se confirmação.

Outras notas e contribuições que tenham, basta utilizar os Comentários.

nunoromano

Advertisements

No comments yet»

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: