O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

Heretic Pride, The Mountain Goats

mountaingoats-hereticpride.jpg

Já circula por aí uma primeira versão de Heretic Pride, o senhor que se segue na lista já comprida de edições oficiais dos The Mountain Goats. A versão oficial sairá apenas a 18 de Fevereiro, mas já é possível ver que os rapazes acertaram (finalmente) em cheio. Não os conhecia e foram-me recomendados por associação com outras bandas. As características principais são a voz peculiar de John Darnielle e a limpidez do som dos instrumentos, que revela dois aspectos importantes: a capacidade de produção em estúdio da banda e o sucesso no descobrir de uma sonoridade própria e facilmente identificável. Existe um som The Mountain Goats. Não sei qual será o potencial em termos de vendas deste Heretic Pride, mas o certo é que tem grande valor enquanto peça musical e objecto final e torna-se fácil encontrar uma música preferida, que toca aquele nervo muito específico da nossa sensibilidade. No meu caso, foi o belíssimo tema que também dá nome ao álbum e que podem encontrar aqui na Box.

Nota de sal: 7/10

Referência: The Flaming Lips, Mercury Rev

Advertisements

No comments yet»

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: