O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

Psychocandy/Distortion

psycho.jpg dist.jpg

Numa entrevista recente para a The Word, Stephin Merritt defende que Psychocandy dos The Jesus and Mary Chain foi o último grande disco da história do rock. Neste registo de 1985 os Mary Chain conceberam o primeiro LP gravado integralmente com a utilização de feedback. Foi sensação na altura e deram origem à última grande inovação de estúdio. O feedback e a distorção foram daí em diante utilizados em maior e menor escala, por vezes levados até ao limite. No mês passado, os Magnetic Fields editaram Distortion, disco completamente gravado com feedback, à excepção das pistas de voz e bateria. Não será propriamente uma homenagem a Psychocandy, pretende antes seguir literalmente as pisadas técnicas da última grande revolução rock. Escusado será dizer que, para Merritt, o rock está inventado na sua plenitude, tudo o mais são caminhos que se voltam a percorrer. Aqui, é o caminho da distorção, com o toque de Midas dos Magnetic Fields.

Advertisements

No comments yet»

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: