O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

Archive for Merz

Take 11


Old Rock ‘n’ Roll Radio: Dead Combo
Touch ME I’m Going To Scream: My Morning Jacket
What U Gonna Do: Jim Noir
Hurricane: Jamie Lidell
Spit At Stars: Jack Peñate
Lucio Starts Fires: Joe Lean And The Jing Jang Jong
Fast Blood: Frightened Rabbit
Kelly Watch The Stars (Live BBC 1998): Air
Outro Futuro: Balla
Gravity: The Notwist
Anne: Santogold
Wondrous Place: The Last Shadow Puppets
Malcolm: Merz
At the sea: I Am Kloot
Bubbles: James
Burro: Beck
Guns of Brixton: Calexico

Advertisements

Merz, Moi et Mon Camion

British crooner por excelência que peca apenas pela fuga constante da luz da ribalta e da notoriedade. A pouca assiduidade editorial com que Merz optou por gerir a sua carreira também ajudou a construir o mito de artista pouco dado a colaborar com a indústria. Moi et Mon Camion é feito da electro-folk característica de Merz, alter ego de Conrad Lambert. Os dez temas que compõem este terceiro disco de originais são suaves, feitos de guitarras dedilhadas com melancolia e ambientes electrónicos adequados. As referências são curiosas, desde os clássicos Beatles ou Beach Boys, com toques de Tunng ou Maps.

Nota de Sal: 7/10
Referências: Tunng, Maps