O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

Archive for Sia

Sessão #1

“”… escuto cheiros e cores, sinto-os na língua.” António Lobo Antunes

Esta é a sessão experimental do podcast d’ O Sal da Língua. Tem defeitos e imperfeições, mas tentarei minimizá-los com o passar do tempo. Gosto de falar de música, mas é ouvir que me dá mesmo gozo. E misturar, e referenciar, e mostrar. O podcast pareceu-me ser a saída ideal e é parte integrante e essencial deste meu, e vosso se assim o quiserem, novo blogue.

Assume também a forma de apresentação online oficial, depois de uma semana de preparação e testes e outras mais a reunir ideias. É um novo fôlego para mim e o entusiasmo é grande. Até já.

Tracklist:

Is It Gonna Change: Lasse Mathiessen
Communicate: Sioen
Bag of Hammers: Thao Nguyen with the Get Down Stay Down
Playground Hustle: The Do
Fall is my Lover: Frida Hyvonen
River of No Return: Scout Nibblet
Galaxy of the Lost: Lightspeed Champion
Re:Stacks: Bon Iver
Look Away Lucifer: Madrugada
So Desperate: The Mountain Goats
Don’t Tell Me To Do the Math(s): Los Campesinos!
Walcott: Vampire Weekend
The Negative Sex: IAMX
Via: dEUS
Day Too Soon: Sia

Sia, Morning Becomes Eclectic

Sim, Sia Furling parece uma profissional da vida chegada a casa vinda do “trabalho” neste vídeo, mas esperem até ela começar a cantar. Para além da qualidade estonteante do tema, surpreendem a facilidade e a naturalidade da interpretação. Gravação retirada da sessão de 2007 do lendário Morning Becomes Eclectic, de Nic Harcourt.

Day Too Soon, Sia in KCRW (2007)

Curiosa também é a entrevista que Sia dá na mesma sessão de gravação, de onde retirei este pequeno e simples extracto:

Nic Harcourt: “The album is actually be coming out in the States next year”

Sia: “Yeah, but you can download it, it’s been leaked”

NH: “So that means you can go and get it for free”

Sia: “Yeah, if you want”

NH: “But wouldn’t you rather that somebody give a couple of bucks, like they do with Radiohead?”

Sia: “That would be nice, but I figure that if they decide they like it, they’ll buy it”

Digo eu agora, é assim tão difícil de perceber? É preciso uma loura lunática com uma voz extraordinária vir e dizer uma coisa tão simples? É este conceito que está ainda a furar todas as barreiras estabelecidas. Quem ouve e gosta, compra. Ponto final.

Entrevista completa, por curiosidade:

nunoromano

Música para meninas?

somepeoplehaverealproblems.gif

Sia, Some People Have Real Problems (2007)

Fui fã do início de carreira dos Zero7 e fui fã do disco de estreia de Sia. Será que ouço música para meninas? E caso goste do segundo álbum a solo de Sia, serei um caso perdido? Tenho vergonha de dizer aos meus pais e receio que os meus amigos se riam de mim. Ajudem-me, por favor!

nunoromano