O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

The Mumlers, Thickets & Stitches

mm.jpg

Há um risco que se corre ao analisar os The Mumlers. Tomá-los por um grupo de hippies desajustados e fora do tempo, por exemplo. Ou achar que não passam de ajuntamento de conceitos folk pouco originais. É verdade que têm algo de hippie e que a base musical de Thickets & Stitches é a folk. Mas este é um disco onde nem tudo é o que parece: aquele solo de guitarra era bem sério ou aquele arranjo de instrumentos era completamente discordante e jazzy. Talvez os The Mumlers não queiram ser levados a sério ou queiram apenas utilizar a sua qualidade técnica e talento para distorcer conceitos e lugares comuns. Porque resulta tudo tão bem que só pode ser de propósito.

Nota de Sal: 7,5/10

Advertisements

3 Comments»

  NakedSelf wrote @

Em escuta e estou a gostar mesmo muito. Associo a novos ambientes a cada passagem, vai ganhando essa dimensão mais séria, deixando cair uma ideia de vulgaridade que possa passar na primeira escuta. Daqueles álbuns que nos conquista lentamente. Voto num 8!

  nunoromano wrote @

Obrigado pelo feedback!
Tenho de pensar numa forma de ter os discos avaliados também por quem por aqui passa.

  NakedSelf wrote @

Belíssima ideia!


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: