O Sal da Língua

Sons organizados de forma a exprimirem uma grande variedade de emoções.

Archive for Robert Wyatt

Take 8

Regresso ao blogue e à emissão, após uma ausência forçada por doença.

Este take 8 surge por solicitação dos maiores desportistas que conheço, os meus pais. Assim aqui ficam sons para treino/competição.

I: LCD Soundsystem
Thunderstruck: AC/DC
Go West: Pet Shop Boys
Brakes On: Air
Jericho: Asian Dub Foundation
Treat Me Mean, I Need the Reputation: Xploding Plastix
Soy Loco Por Ti America: Caetano Veloso
Alala: Cansei de Ser Sexy
Song 2: Blur
Cish Cash: Basement Jaxx ft. Siouxsie Sioux
Another Excuse: Soulwax (DFA Remix)
Anything New: Digitalism
Superstylin’: Groove Armada
Never Win: Fischerspooner
Easy Love: MSTRKRFT
Feel Good Inc.: Gorillaz
4D: Bill Laswell
Help!: The Beatles
The Salmon Song: The Chemical Brothers
Bang On!: Propellerheads
Big Time Sensuality: Bjork
Over the Ice: The Field
Slow Hands (Britt Daniel Remix): Interpol
Rainin’ in Paradize: Manu Chao
Hasta Siempre Comandante: Robert Wyatt
Won’t Get Fooled Again: The Who
Raining Again: Moby
Amor (versão nocturna): Heróis do Mar
One More Time: Daft Punk
Phantom: Justice
Fly Paper: K-OS
Mansard Roof: Vampire Weekend
Lust for Life: Iggy Pop
Dare: Gorillaz (DFA Remix)
Silent Shout: The Knife
The Contemporary Fix: Lindstrom
Must Be the Moon: !!!
Tits & Acid: Simian Mobile Disco
You Gonna Want Me: Tiga
Blackened: Metallica
Seven Nation Army: The White Stripes
Because We Can: Moulin Rouge OST
Pomp and Circunstance N. 4 (Abridged): Edward Elgar

Advertisements

Take 2

Sobre os encontros e os desencontros da vida. E para uma certa rosa, que faz anos hoje.

Tracklist:

William Tell Ouverture: A Clockwork Orange OST
You Smile Like a Blossom: My Little Airport
Rosa: Rodrigo Leão
Sweet Dreams: Yo La Tengo
What’s A Girl To Do: Bat For Lashes
What’s On Your Mind: Madrugada
Pretty in Pink: The Psychedelic Furs
Tonight The Streets Are Ours: Richard Hawley
Tonight I Have To Leave It: Shout Out Louds
This Charming Man: The Smiths
Flyswatter: Eels
Mack the Knife: Various Artists
Mack the Knife: Nick Cave
Hasta Siempre Comandante: Robert Wyatt
Dancing Shoes: Arctic Monkeys
Singing in the Rain: Matthew Herbert
Sous Les Avalanches: Vincent Delern
Dans Le Merco Benz: Benjamin Biolay
The Storm: Patrick Watson
Mudar de Vida: Norberto Lobo

Feliz Natal

column_xmas-lights.jpg 1223_christmaslights.jpg

Em vez de músicas de Natal, a minha proposta são músicas para o Natal. Podem ser, de alguma forma, associadas ao Natal, quer pelo conteúdo de algumas letras, pelos timbres ou pelos instrumentos usados. Este é o meu presente para os nossos leitores diários e ocasionais, para os que lêem tudo e para os que só clicam, para quem está farto das musiquinhas festivas e quer dar à família uma alternativa musical, cheia de espírito e, perdoem-me a imodéstia, bom gosto. Se a tia-avó franzir o sobrolho, digam-lhe que é moderno, que agora o Natal é assim.

A compilação está dividida em duas partes (imagens acima), cada uma cabe num CD.

Tracklist

Soundz4Xmas 1:

O Come, All Ye Faithful: Belle and Sebastian
God Knows: El Perro del Mar
Divine: Antony and the Johnsons
Let the Happiness In: David Sylvian
Jesus Loves Me: Cocororie
Fallen Snow: Au Revoir Simone
Do You Realize??: The Flaming Lips
Une Année Sans Lumière: Arcade Fire
I Guess I’ll Forget the Sound, I Guess, I Guess: Bodies of Water
A Feast Of Friends: Jim Morrison
Tappmarschen: Hedningarna
Hallelujah: Jeff Buckley
Sister Winter: Sufjan Stevens

Soundz4Xmas 2:

Smells Like Teen Spirit: Patti Smith
Personal Jesus: Johnny Cash
Nature Boy: Lisa Ekdahl
Side of the Lord: Lavender Diamond
Eternal Flame: Joan as Police Woman
Hour For Magic: Jim Morrison
Radio Ballet: Eluvium
St. Augustine: Band of Horses
A Beautiful Peace: Robert Wyatt
Sea of Love: Cat Power
All is Full of Love: Bjork
Last Flowers: Radiohead
Beautiful: The Smashing Pumpkins
The Million Dollar Baby: Richard Swift
Love Knows (No Borders): Howe Gelb
Altar Boy: Tom Waits
I Was Born: The Magnetic Fields
Jinglebell Rock: Arcade Fire

nunoromano

Ladies and gentlemen, Mr. Robert Wyatt

001-1.jpg

Robert Wyatt, Comicopera (2007)

Este senhor já cá anda há muito tempo. Fez parte dos Soft Machine nos anos 60 e dos Matching Mole nos anos 70. Apresenta um currículo a solo invejável, que já ultrapassou os trinta anos. Imagino que se chega a uma altura em que já se viu de tudo, já se ouviu de tudo. E aos 62 anos as expectativas em relação ao nosso trabalho já não serão as mesmas. Mas afinal são estes os ingredientes que podem dar origem a algo como Comicopera. É difícil de classificar, já que contém temas próprios, cada qual muito particular, e também versões. A abordagem que Wyatt faz a Stay Tuned de Anja Garbarek é fenomenal. Eis alguém que faz música a sério a brincar. Parabéns Mr. Robert Wyatt.

nunoromano